domingo, 8 de março de 2015

Eu tento, por várias vezes te entender Porém, por várias vezes me frusto. Penso que sei o que sentes, o que queres, o que mentes e o que não deves Me engano eu, achando que te conheço Mal conheço a mim mesma Então me perco em pensamentos, com medo de julgamentos e arrependimentos, me calo e espero Devemos nos entender, para poder nos merecer. Não será a vontade e nem o sentimento que mascará a verdade Apenas uma conversa, uma longa e diversificada conversa Sente que eu lhe faço um café Será bem vindo qualquer sorriso Qualquer expressão de amor Qualquer dor Apenas sente, e me dê a mão, que estou a todos ouvidos, hoje e quem sabe, pra sempre.

Um comentário:

  1. Ei Jessica se quiser um amigo meu aqui esta meu whatts (014) 99869-0875

    ResponderExcluir