quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Mas logo no final do mês!


E eu aqui querendo receber [eu e milhares]...
mas infelizmente estamos no Brasil né?! Em relação a isso muitos são prejudicados, por causa de poucos.

Triste isso!

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Sem carro?



Pedaladas até pode ter, mas andar sem carro?!
será?!

Ou será somente para os que não possuem automóveis mesmo?!
auahuahuaa

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Mundo louco


O que eu devo fazer...
Sinto-me desorientada, como não tivesse valor, em nada!
Dou a comida, dou o sustento, dou a vida...
Mas pra mim, NUNCA dão nada.

Mereço atenção... E muito mais que isso;
Mereço cuidados e não destruição...
Que me joga pro lado, deixa o ar condenado e meus frutos trincados.

Não devias estar aqui...
Há tempos te sirvo e tu não beneficias a mim.
Faz da minha terra, teu campo de guerra, EU não me fiz assim.
TU dependes de mim e não eu de ti.

Apavora-me tudo que acontece ai por fora
Tua ganância, implicância e intolerância
Provocam distúrbios em mim.

Mando sol, mando chuva e mando ar,
Tudo pra te estragar e fazer com que sintas a minha força.
Mas nem assim dão valor em mim.
Só sentem medo...
Isso que me maltrata.

Agora estou aqui, doente e dependente.
Tudo é tua culpa, ser que só faz coisa errada!
Só peço me ajude!

Beijos da Mãe Terra condenada!


JéssicaN.

quarta-feira, 16 de setembro de 2009



A gente usa as palavras idiotamente e imbecilmente.
Você já pensou em não falar?

"Albert Einstein"

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

De coração


Não me peça paciência
Peça-me amor...
É oque mais tenho dentro de mim
Posso repassá-lo a ti.

Paciência tem fim
Amor não...
É guardado no coração
Por todo sempre, ou quem sabe, não.

O amor não tem limites...
Ele nos dá a ilusão...
De que tudo eu posso fazer,
E que tudo pode te trazer
Droga de amor, só me ensina a te satisfazer.

Mas é assim;
assim que erramos e assim que deixamos errar sobre nós
Mas são os erros que não esquecemos
Eles que nos caracterizam
E nos tornam inesquecíveis...

- Desejo errar, Desejo que me errem.


JéssicaN.

Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhh...


Angelina!

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

euquero



Dê-me suas mãos...
Eu vou te guiar
Passá-las em meu corpo,
Deixar-te me controlar
Cada toque, cada dedilhar...
Tudo me alucina; tudo me faz querer mais.

São vontades;
Pensamentos;
Sonhos que não acabam mais.

Que vontade de me entregar
Que vontade de te provocar
Que vontade de te provar
Mas acho que de vontades vou morrer.

Caso contrário viverei só pra te satisfazer!



JéssicaN.

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Te ter ou não ter


Nada me satisfaz como o teu cheiro
Mas as vezes me esqueço dele..
porque te esqueces de mim.
So queria te ter aqui, do meu lado
E saber que isso não vai ter fim.
Te olhar nos olhos e tudo pra ti, dizer que sim...
Que vais ter o mundo que sempre quisestes;
É assim...
Eu quero assim...
Te ver feliz, e nada mais...
Nada me importa, o dia, não importa a hora
só quero ver teu sorriso de alegria,
Mesmo sem saber pra quem seria...
Isso me satisfaz, isso me trás a paz;
Teus lábios!

JéssicaN.

terça-feira, 1 de setembro de 2009

"mentirosa, mentirosa, mentirosa, mentirosa! vocês não sabem nada, o amor é. ele simplesmente É! não podem fazê-lo desaparecer, é a razão de estarmos aqui. É o topo da vida. e, quando você chega ao topo e olha para todos lá em baixo está preso nele para sempre, pois se tentar mover-se, você cai, você cai..."


[Assunto de meninas]

Diálogo


E o corpo pergunta ao coração:
-Porque não entramos em ritmo e comunhão?
Podíamos, se companheiros, fazer uma junção.

O coração responde:

- Me diga como, eu sou o amor e você a razão.
Não tenho pensamentos, tenho sentimentos...
Você se entrega sem saber que pode me machucar
Sou frágil, vivo de suspiros e batidas, não de carne aquecida.

O corpo então lamenta:

- Então viverei para sempre só!
Outros não vão me querer, meu corpo serve para aquecer.

Contradiz o coração:
- Calma, não te preocupa...
Vai com calma, e luta, contra o desejo e a ilusão
Fuja da paixão...quando eu sentir os arrepios e a velocidade das batidas
te digo, isso sim faz bem para nossa vida!

Mas sem esperança, o corpo diz:
- Mas tenho saudades...saudades de ter alguém
é isso que me mantém, que me deixa vivo.

Compreende o coração:
- Entendo-te, pois quando sentes saudade, eu sinto solidão...
então ai nos unimos, em plena tristeza, à uma junção.
Mas não gaste a sua chama, com quem acende paixão...
ela é faísca, o amor a queimação, a chama da formação, tem duas vidas em uma.
Então me enteda corpo, segure tua empolgação para quem te oferecer a mão.
Precisarás de força para me amparar, e eu precisarei de ti para amar.

e eufórico responde o corpo:
- Então estou pronto, agora eu quero amar!


JéssicaN.